Pesquise no A Voz

Carregando...



Governo da Bahia anuncia reajuste salarial para professores

25/11/2011

Projeto de lei de autoria do poder executivo baiano, já sob análise na Assembléia Legislativa da Bahia, vai definir reajuste salarial aos professores da educação básica do Estado, garantindo ganho real da ordem de 10,64% até 2014.  Esse projeto é resultado do acordo assinado pelo Governo da Bahia, por meio das secretarias estaduais da Educação e da Administração, com a APLB Sindicato.

Para a maioria dos professores da rede estadual com licenciatura, que já percebiam salários acima do piso nacional (84% do total), a menor remuneração será de R$ 1.953,56. Para os professores de nível médio (16% da rede), a menor remuneração será de $ 1.558,39, com atuação de 40 horas semanais, mantendo o pagamento do piso.

“O reajuste salarial faz parte da política de valorização do professor, dentro do compromisso do programa Todos pela Escola para garantir aos estudantes o direito de aprender”, afirma o Secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto. Segundo ele, o Governo da Bahia vem garantindo todos os acordos firmados com a categoria, inclusive assegurando a oferta de cursos de formação superior para os docentes tanto da rede estadual como municipais.

“Buscamos atender ao máximo as necessidades da carreira do Magistério, salvaguardando os limites prudenciais da lei de Responsabilidade Fiscal. O impacto é significativo e reflete o esforço do Governo da Bahia em melhorar a qualidade da educação pública”, afirma o Secretário da Administração, Manoel Vitório.

Plano de carreira - Vale lembrar que a Bahia é exemplo nacional com a implantação do Plano de Carreira do Professor. Instituído em 2008, o plano estabelece duas formas de progressão funcional que permitem reajustes salariais: o avanço vertical automático por titulação, abrangendo desde a licenciatura até o doutorado, e a progressão horizontal decorrente da avaliação de desempenho.

Aplicada pela primeira vez em 2010, a Avaliação de Desempenho já beneficiou 6.335 professores e coordenadores pedagógicos, com aumento salarial de 15%. O resultado da avaliação auxilia os educadores no seu próprio desenvolvimento e funciona ainda como instrumento para a Secretaria da Educação do Estado elaborar os programas de formação de docentes.

SECOM

4 comentários:

Anônimo disse...

POR FAVOR GAL POSTE NOSSOS COMENTÁRIOS.NOS AJUDE.

25/11/11 09:29
Anônimo disse...

Impessionante,enquanto o governador garrante reajuste salarial para os professores bahianos.A SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO DE ITAGUAÇU DA BAHIA,deternina o enserramanto hoje dia 25/11/2011 do ano letivo desse município.Não respeitando o que determina a LEI DE DIRETRIZES E BASE DA EDUCAÇÃO,que o ano deve ter 200 dias letivos no mínimo.Tudo isso para não pagar o mes de NOVEMBRO para os contratados.FOI POR ISSO ENTRE OUTRAS COISAS QUE ELES ANULARAM O CONCURSO DE 2005. PARA TRABALHAR COM CONTRATO,PORQUE CONTRATADOS NÃO PODE RECLAMAR SEUS DIRREITOS E NÓS DO CONCURSO REIVINDICAVAMOS NOSSOS DIREITOS E TINHAMOS UM SINDICATO ATUANTE,UNIDO.ATÉ ISSO ACABOU.HOJE NOSSO SINDICATO ESTÁ SEM VOZ.CALOU!MAS NÓS TEMOS UMA ARMA PODEROSISSÍMA, QUE É O NOSSO VOTO.É ISSO QUE NOS DÁ FORÇA,PERSISTENCIA E MAIS DO QUE TUDO.ESPERANÇA E FÉ EM DEUS QUE NÓS VAMOS TER NOSSO EMPREGO DE VOLTA COMPANHEIROS.ÂNIMO.

25/11/11 10:24
Anônimo disse...

Professores do concurso de 2005 de Itaguaçu da Bahia esqueçam que o que aconteceu foi mais do que justo . Tivemos as provas nas mãos. sairam duas listas e na lista verdadeira voceis nenhum alcançaram os 50% por cento da prova.Pois estavam todos acostumados a passarem em concurso sem saberem de nada.

23/12/11 16:00
Anônimo disse...

Secretario de Itaguaçu da Bahia, o povo de Itaguaçu da Bahia quer uma explicação. E nós dos povoados não vamos aceitar uma coisa dessa , colocar uma pessoa que é sozinha, não tem ninguém para dar um voto ao prefeito e colocaram no cargo de coordenador geral, pelo que sabemos foi você Emanuel que o clocou.Pois se não tirá-lo do cargo quem vai perder com isso é Adaozinho.

23/3/12 17:11

Postar um comentário

AVISO
Não serão publicadas mensagens em letras maiúsculas.

Todos os comentários são moderados. Não serão publicados comentários com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência.