Pesquisar este blog




Água de poços artesianos garante sustento de famílias na região de Irecê

quarta-feira, 23 de maio de 2012

A chuva do último final de semana em Irecê não foi suficiente para melhorar a vegetação e boa parte da paisagem permanece seca em virtude da longa estiagem. Para quem trafega pelas estradas da região, não é difícil se deparar com plantações inteiras perdidas e animais mortos. Vivos, apenas os cactos resistentes à extrema falta d’água e os urubus que se aproveitam de animais debilitados sem condição de sair em busca de alimento.

Apesar do estado de desolação em decorrência da seca em muitas áreas da região, um pequeno pedaço de chão, no Território de Identidade Irecê, parece estar longe de sofrer os efeitos econômicos e sociais da estiagem. No Assentamento Morro do Higino, no município de Jussara, 24 pequenos produtores, entre eles, Antônio Gonçalves de Araújo Neto, se organizaram, criaram uma associação e utilizam a irrigação para produzir alimentos de boa qualidade e fácil comercialização, como milho, melancia, feijão de corda, pinha, girassol e hortaliças.

“Temos aqui uma área muito produtiva, mas como não choveu, procuramos uma forma de sobreviver. Estamos tirando a sobrevivência do poço que abastece as nossas casas, dar água para os animais e fazer a irrigação”, disse Antônio, que vive com a esposa e dois filhos na localidade.

Secom

0 comentários:

Postar um comentário