Pesquisar este blog




209 baianos fichas sujas estão inelegíveis

quinta-feira, 26 de junho de 2014



O Tribunal de Contas do Estado (TCE) encaminhou esta semana ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) a lista de gestores com finanças rejeitadas, com “decisão irrecorrível”, no período de 1º de julho de 2004 a 4 de julho de 2012. Conforme a relação, ao todo são 209 administradores, entre prefeitos, ex-prefeitos, secretários e responsáveis por celebrar contratos com órgãos públicos. Segundo a Corte, independentemente de pretensões políticas, se forem candidatos eles estão impedidos de concorrer no pleito de outubro.

Dos nomes considerados fichas sujas estão figuras conhecidas, a exemplo dos deputados federal Oziel Oliveira (PDT) – recusado em 2006 como prefeito de Luís Eduardo Magalhães – e estadual Carlos Brasileiro (PT) – com prestação negada em 2008 quando comandava o município de Senhor do Bonfim – e do ex-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) baiana, Joaquim Quintiliano da Fonseca Júnior. Integram ainda o inventário o ex-parlamentar Joseph Bandeira (PSB) – contas rejeitadas em 2006 como gestor de Juazeiro –, o ex-integrante da Assembleia Legislativa Ubaldino Júnior – desaprovado em 2007 como prefeito de Porto Seguro – e até mesmo a cantora Sarajane de Mendonça Tude – a “rainha do deboche” dos anos 80. De acordo com o TCE, a artista, conhecida pelo hit “A Roda”, teve as prestações da sua ONG Associação Criança na Arte Sarajane (Acasa) desaprovadas em 15 de março de 2007 por falta de comprovação do uso de recursos estaduais em convênio com o governo.

Ainda consta na lista o nome de Josemar de Sá dos Santos da Associação de Desenvolvimento Comunitário do Município de Uauá  referente as contas de 2006; o ex-prefeito do município de Sento Sé, Juvenilson Passos (PT) referente as contas de 2005; ex-prefeito de Juazeiro, Professor Rivadávio Espínola Ramos (DEM) referente ao ano de 2002; e o ex-prefeito do município de Curaçá, Aristóteles Loureiro (PMDB) referente as contas de 2007.

AP
Com informações do BN

1 comentários:

Anônimo disse...

Sr. Nilson Machado, esta matéria nos remete a uma pergunta:
O ex-prefeito de Xique-Xique Reinaldo Braga Filho teve suas contas rejeitadas pelo TCM, mesmo assim o mesmo afirma que será candidato.
Não estaria ele na mesma condição destes que estão inelegíveis?
Como Jurista que é, o que no diz sobre este fato?

27/6/14 11:56

Postar um comentário