Pesquisar este blog




Avião comercial com 295 pessoas foi abatido por mísseis na fronteira da Ucrânia com a Rússia

quinta-feira, 17 de julho de 2014





Um avião malaio com 295 pessoas a bordo despenhou-se na Ucrânia, próximo da fronteira com a Rússia. O avião tinha partido de Amesterdam  na Holanda, e tinha como destino Kuala Lumpur, na Malásia. O Ministério ucraniano diz que avião foi abatido por um míssil e que morreram todos os passageiros e tripulantes.A  agência de notícias Reuters diz que há corpos espalhados por um raio de 15 quilómetros. Pró-russos acusam  o Governo ucraniano acusa separatistas.ucranianos que querem ter a nacionalidade russa.

Um adjunto do ministério ucraniano do Interior confirmou que o avião foi abatido e que morreram todas as 295 pessoas a bordo. "Um avião comercial que viajava de Amesterdão para Kuala Lumpur foi abatido por um míssil terra-ar... 280 passageiros e 15 tripulantes morreram", disse Anton Gerashchenko, citado pela filial ucraniana da agência Interfax.

Uma fonte do ministério, não identificada, disse que o avião foi abatido pelas milícias pro-russas. Os separatistas, acusam Kiev de ser responsável pela queda da aeronave. 
"Aparentemente, é um avião comercial com passageiros a bordo abatido pela Força Aérea Ucraniana", disse Aleksander Borodai, o líder dos separatistas pró-russos, em declarações ao canal de televisão "Rossiya 24 TV".

O presidente ucraniano desmente. "Não excluímos a hipótese de o avião malaio ter sido abatido, mas sublinhamos que as forças militares ucranianas não fizeram qualquer disparo sobre alvos aéreos", disse, apresentando condolências às famílias das vítimas.


"É o terceiro incidente trágico dos últimos dias, após o abate dos aviões A-26 e SU-26 das forças armadas ucranianas, abatidos a partir de território russo", acrescentou Porochenko.

0 comentários:

Postar um comentário