Pesquisar este blog




O milagre da Globo: A audiência desaba, mas o faturamento vai às alturas

sábado, 3 de janeiro de 2015




Acabam de sair os números de faturamento da Globo, em 2014. Segundo o colunista Lauro Jardim, a receita anual da emissora dos Marinho em 2014 foi de R$ 16 bilhões, o que representa ganho de 9,7% sobre o ano anterior.

O crescimento, acima da inflação, surpreende por uma razão básica. Há vários anos a Globo vem sofrendo queda contínua de audiência, mas isso não tem afetado seu desempenho publicitário – especialmente junto ao setor público.

Levantamento recente apontou que dos R$ 15,7 bilhões investidos pelo governo federal e por empresas estatais nos últimos dez anos, nada menos que R$ 5,3 bilhões, mais de um terço foram abocanhados pela Globo (leia mais aqui). O mesmo fenômeno aconteceu em governos estaduais, como, por exemplo, Minas Gerais.

Recentemente, Lauro Jardim publicou uma nota mais extensa sobre a audiência da Globo em 2014, que caiu mais 5% e ficou no menor nível desde que a emissora se tornou líder de audiência, há 45 anos. Leia abaixo:

A TV Globo perdeu 5% de audiência em 2014, caindo de 14,3 pontos, em 2013, para 13,5 pontos, no ano passado, entre 7h e meia-noite. Os dados do Ibope são da medição na Grande São Paulo. É o pior desempenho anual, desde que virou líder de audiência, há 45 anos.

Deduz-se que o alto faturamento da Globo, sem audiência, vem dos setores golpistas da elite obtusa, dos preconceituosos, dos reacionários de abdomens avantajados que irracionalmente exteriorizam bilis odientas contra o PT, em razão das suas insignificantes massas encefálicas, invejando nas suas mesquinhezas cheias de amarguras e psicoses, a vitória do governo popular brasileiro.

Entrementes, o povo assiste a Record.

Vamos pra frente e o tempo dirá se a  Globo provrará do seu próprio veneno.

0 comentários:

Postar um comentário