Pesquisar este blog




Dilma convoca chanceler para esclarecimentos sobre episódio na Venezuela

quinta-feira, 18 de junho de 2015

 
 
A presidente Dilma Rousseff convocou o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, na tarde desta quinta-feira 18 para esclarecer o que aconteceu em Caracas, onde uma van com senadores brasileiros teria sido, segundo eles, impedida de seguir viagem na estrada, pouco depois de terem saído do aeroporto da capital.
 
De acordo com o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), a presidente já está em contato com o governo venezuelano. "A presidenta Dilma já está acionando o governo da Venezuela e, para o nosso governo, não vamos aceitar qualquer ação do governo da Venezuela que possa comprometer o direito de ir e vir dos senadores da oposição que estão na Venezuela", declarou o deputado.
 
Senadores que compõem a comitiva que viajou à Venezuela para visitar líderes de oposição ao governo que estão presos no país afirmaram pelo Twitter que a van em que estavam a caminho da prisão onde se encontra Leopoldo López, principal opositor de Nicolás Maduro, foi impedida de andar na estrada. Quando voltaram ao aeroporto, o terminal fora fechado.
 
Os parlamentares também relataram uma manifestação de um grupo de cerca de 50 pessoas pró-governo, que teriam batido na van e gritado "Fora, Fora. Chávez não morreu". Para os senadores, trata-se de uma "afronta ao Congresso Nacional" no Brasil. Os senadores Aécio Neves (PDSB-MG) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) disseram ter cobrado posição do governo ao presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL).

0 comentários:

Postar um comentário