Neymar é processado por corrupção

quinta-feira, 18 de junho de 2015


Na ação, o fundo brasileiro de investimento DIS acusa o ex-jogador do Santos, seu pai, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, e o clube de "fraude e corrupção" na contratação milionária pelo time espanhol, em 2013; a transferência teria acontecido por 83,3 milhões de euros - contra os 57,1 anunciados inicialmente; a empresa, que recebeu 6,8 milhões de euros correspondentes aos 40% que detinha dos direitos federativos de Neymar, alega que tem direito a uma parte da diferença entre o valor declarado e o valor real que o FC Barcelona reconheceu ter pago mais tarde pelo atacante

A justiça espanhola aceitou o pedido de investigação feito pelo fundo de investimento DIS, contra o jogador Neymar e o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu.

A denúncia também atinge os dirigentes Sandro Rosell, antecessor de Bartomeu no Barcelona, Odilio Rodrigues e Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, do Santos, o pai de Neymar.

E empresa, que detinha parte dos direitos econômicos do atacante, acusa o ex-jogador do Santos e o clube de "fraude e corrupção" na contratação milionária pelo time espanhol, em 2013.

O fundo brasileiro, que recebeu 6,8 milhões de euros correspondentes aos 40% que detinha dos direitos federativos de Neymar, alega que tem direito a uma parte da diferença entre o valor inicialmente declarado e o valor real que o FC Barcelona reconheceu ter pago mais tarde - pelo menos 83,3 milhões de euros.
 
El País

0 comentários:

Postar um comentário