Pesquisar este blog




Seleção Brasileira perde para o Paraguai e é eliminada da Copa América

sábado, 27 de junho de 2015


 
O fantasma de 2011 voltou a assombrar a seleção brasileira. Assim como na Copa América passada, o Brasil foi eliminado pelo Paraguai nas quartas de final na decisão por pênaltis. Depois de um empate por 1 a 1 no tempo normal, o time de Dunga foi derrotado por 4 a 3. Everton Ribeiro e Douglas Costa chutaram para fora e desperdiçaram suas cobranças. Na próxima fase, a equipe de Ramon Díaz enfrenta a Argentina.

O Brasil soube ser eficiente no primeiro tempo contra o Paraguai. Em uma etapa com poucas oportunidades, a seleção conseguiu converter a melhor que teve.

Aos 14 minutos, a equipe de Dunga teve paciência para criar. A bola saiu da esquerda para a direita, até que chegou em Daniel Alves na linha de fundo. O lateral cruzou rasteiro, Firmino fez o corta-luz e Robinho apareceu na segunda trave para finalizar para o fundo do gol.

Além dessa oportunidade, o Brasil só conseguiu assustar em chute de longe de Philippe Coutinho, que Villar mandou para escanteio no primeiro minuto.

A seleção paraguaia não ficou acuada apenas se defendendo e até tentou se lançar ao ataque. Em alguns momentos, o Paraguai chegou a dominar as ações da partida.

Na segunda etapa, o Paraguai conseguiu ser mais incisivo e começou melhor. Foram duas oportunidades criadas antes dos 15 minutos. Na primeira, Haedo Valdez escorou escanteio por cima do gol. Na seguinte, em outro tiro de canto, Paulo da Silva obrigou Jefferson a fazer grande defesa.

A pressão do Paraguai rendeu frutos aos 25 minutos. Em levantamento na área, Thiago Silva, Daniel Alves e Roque Santa Cruz disputaram. No entanto, o zagueiro colocou a mão na bola e o juiz apitou pênalti. Derlis González bateu com firmeza e empatou a partida.

Com o placar igualado, o jogo ficou mais aberto, com ataques e contragolpes para ambos os lados. Mas nenhuma das equipes conseguiu levar perigo e a partida foi para a decisão por pênaltis.

Fernandinho abriu para a seleção, encheu o pé e marcou, apesar Villar de tocar na bola. Na sequência, Martínez soltou bomba no meio e converteu para o Paraguai. No segundo pênalti da seleção, Everton Ribeiro deslocou o goleiro, mas mandou para fora. Cáceres repetiu Martínez e marcou ao bater no centro. Miranda chutou com classe e marcou para o Brasil. O terceiro paraguaio foi anotado por Bobadilla. Na quarta do Brasil, Douglas Costa isolou por cima. Roque Santa Cruz manteve a seleção viva ao pegar mal na bola e bater longe da meta. Philippe Coutinho marcou o quinto do Brasil, só que González, o autor do gol paraguaio na partida, marcou e decretou a vitória por 4 a 3.

0 comentários:

Postar um comentário