Barragem de Sobradinho desce ao menor nível e pode faltar energia

sábado, 26 de dezembro de 2015


Reservatório da Usina de Sobradinho, considerado um dos maiores lagos artificiais do mundo, praticamente alcançou o volume morto, chegando a apenas 2% de seu volume útil, o menor nível já registrado pela represa; previsão era que o lago de Sobradinho alcançasse o volume morto ainda em dezembro, o que não aconteceu devido às chuvas que caíram no Norte de Minas Gerais e na Bahia; chuvas elevaram o nível do reservatório de 1% para 1,98%, na primeira alteração positiva ao longo de todo o ano de 2015

A Previsão era que o lago de Sobradinho alcançasse o volume morto ainda em dezembro, o que não aconteceu devido às chuvas que caíram no Norte de Minas Gerais e na Bahia. As águas que caíram nas cabeceiras do rio elevaram o nível do reservatório de 1% para 1,98%. Esta foi a primeira elevação do nível ao longo de todo o ano de 2015.

Segundo o diretor de operações Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), José Airton, não há segurança hídrica para afirmar que o lago continuará enchendo. Caso Sobradinho alcance o seu volume morto, as duas das seis turbinas da usina que ainda estão gerando energia serão desligadas, deixando de produzir 170 MW de energia.

 

0 comentários:

Postar um comentário