Policia Federal faz uso político de bem público

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015




Deu no tijolaço:

Ontem  dia 13, pertinho da sede da Polícia Federal em Goiânia, tiraram a foto de um de seus carrões coberto por cartazes e bolas de festas para confraternizar com a manifestação  pelo impeachment.

Aparelhamento da máquina estatal é isso aí, não é?

Uso político dos bens públicos, será que Aécio Neves vai pedir a abertura de inquérito?

É isso uma “polícia de Estado”, “republicana”?

Ou será que precisamos acrescentar um de seus agentes postando fotos de tiro ao alvo sobre um desenho da Chefe de Estado para alcançar o máximo de profissionalismo.

Imagino a dificuldade de um oficial das Forças Armadas para dizer aos seus subordinados que uma força armada, mais que qualquer outra, deve preservar o respeito à hierarquia, ao respeito  e  a subordinação constitucional legítima.

“Ué, general, mas a PF pode decorar os seus carros, porque é que eu não posso decorar o tanque?”

O ministro José Eduardo Cardozo, porém, a tudo assiste, com sua fleuma de quem não se interessa por essas “miudezas.

Dizia um velho amigo que, para a imbecilidade, a pose era um componente indispensável.



Fernando Brito Tijolaço

0 comentários:

Postar um comentário