Pesquisar este blog




Policia Federal deve apurar os repasses de FHC para a amante

sábado, 20 de fevereiro de 2016



Os repasses do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso à jornalista Mirian Dutra no exterior, com quem mantinha um relacionamento extraconjugal, podem ser alvo de investigação da Polícia Federal, admitiu nesta sexta-feira (19) o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.




 “Isto não vale apenas para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mas para todos os brasileiros e brasileiras. Aquilo que for de competência da PF e tiver indícios de prática criminosa, dentro de situações que são puníveis, tudo será absolutamente investigado. Então essa não é uma situação diferenciada, atípica, daquelas que ocorrem”, disse Cardoso.

Mirian Dutra revelou em entrevistas que recebia dinheiro de FHC por meio de contrato fictício de trabalho firmado pela empresa Brasif S.A. Exportação e Importação. Durante evento no Rio pelas Olimpíadas, Cardozo afirmou que todos os aspectos que possam envolver uma situação de “eventual ocorrência de delito” no envio de dinheiro ao exterior, por parte de FHC, passarão por “estudo técnico e jurídico”.

O ministro também destacou sua imparcialidade no comando da PF sobre a abertura das investigações. “Não importa para mim se são pessoas aliadas à base governista, de partidos que mantém boa relação com o governo, ou se são oposicionistas. Nós fazemos os mesmos procedimentos, sem a busca de factoides, sem a busca de exposição de imagem”, ressaltou.

0 comentários:

Postar um comentário