Com Temer na Presidência da República, governos estaduais do PT passarão por grandes dificuldades

terça-feira, 29 de março de 2016



Os governos petistas nos estados, inclusive o comandado pelo governador Rui Costa, aqui na Bahia, estão preocupados com as dificuldades que terão se o impeachment for aprovado na Câmara dos Deputados.

A votação acontecerá agora em abril, entre os dias 14 e 17, datas mais prováveis. Têm justas razões os governadores, porque a situação ficará muito crítica com a queda do PT no comando da República.

Nesses estados, os governos, como é o caso baiano, entrarão em dificuldades para receber recursos federais, inclusive com muitas obras em andamento, a exemplo do metrô e do programa Minha Casa, Minha Vida expectativa que assusta a governabilidade nos estados petistas.

Como a presidência ficará com Michel Temer, o PMDB chegará pela primeira vez ao governo da República e fará, fatalmente, um acordo com os partidos que o apoiar, o que excluirá, seguramente, o PT.  A preocupação é total.

Um dos exemplos aconteceu com reunião convocada por Rui Costa, que reuniu a bancada federal da Bahia nesta segunda-feira, e na pauta, estava presente exatamente esses assuntos.


Com informações do Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário