Pesquisar este blog




Juiz Sérgio Moro não gostou do pedido de prisão do ex-presidente Lula

sexta-feira, 11 de março de 2016


Investigadores da força-tarefa da Operação Lava Jato e o próprio juiz Sérgio Moro acreditam que a peça do promotor Cássio Conserino pedindo a prisão preventiva do ex-presidente Lula não está bem fundamentada, de acordo com reportagem da revista Época, da Globo; a peça do Ministério Público de São Paulo, na interpretação dos investigadores, foi feita com pressa e atrapalha a Lava Jato, que segundo eles é conduzida com cautela e esmero; a Globo também escalou seus colunistas, como Merval Pereira e Ricardo Noblat, para criticar o pedido de prisão do MP-SP, porque preferia que Lula fosse preso por Moro



O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, estaria indignado com o pedido de prisão preventiva feito pelo promotor Cássio Conserino e outros dois colegas do Ministério Público de São Paulo.

Para os procuradores e policiais federais integrantes da força-tarefa da Lava Jato, a peça apresentada nesta quinta-feira 10 não está bem fundamentada. Para eles, o documento foi feito de forma apressado e não tem fundamentação, de acordo com nota de Murilo Ramos, da revista Época.

Há ainda a interpretação, por parte dos investigadores do esquema de corrupção na Petrobras, de que o pedido apresentado pelo MP paulista atrapalha o trabalho desenvolvido na Lava Jato, segundo eles, conduzido com cautela e esmero.

A Globo também tem se manifestado contra o pedido de prisão, porque preferia que Lula fosse preso por Moro.

O jornal O Globo escalou seus colunistas Merval Pereira e Ricardo Noblat nesta sexta-feira 11 para criticar o pedido feito pelo MP-SP. Ontem, os jornalistas Diego Escosteguy, da Época, e Mônica Waldvogel, da Globonews, criticaram o pedido.

0 comentários:

Postar um comentário