Pesquisar este blog




O JORNALISMO BANDIDO

sábado, 26 de março de 2016


"André Petry, o novo diretor, já disputa com o antecessor Eurípides Alcântara o posto de pior editor da Veja em seus quase 50 anos. Sua primeira capa foi repulsiva: o rosto de Lula transfigurado em jararacas como se fosse uma medusa", diz Paulo Nogueira, editor do DCM e ex-diretor da Abril; "Mas como nada que é ruim não pode piorar a segunda desceu ainda mais degraus na escala do jornalismo bandido que se tornou a marca da Veja: um mirabolante plano secreto segundo o qual Lula iria refugiar-se dos perseguidores na Itália".


"Bastaram poucos dias para ver o significado da troca de comando da Veja: nada. André Petry, o novo diretor, já disputa com o antecessor Eurípides Alcântara o posto de pior editor da Veja em seus quase 50 anos. Sua primeira capa foi repulsiva: o rosto de Lula transfigurado em jararacas como se fosse uma medusa", diz ele.

Mas como nada que é ruim não pode piorar a segunda desceu ainda mais degraus na escala do jornalismo bandido que se tornou a marca da Veja: um mirabolante plano secreto segundo o qual Lula iria refugiar-se dos perseguidores na Itália.  Petry, pelo lado bom, pode se orgulhar de que sua capa virou assunto internacional. A embaixada italiana não apenas desmentiu energicamente a revista como ainda apontou um erro factual na identificação da foto.

0 comentários:

Postar um comentário