Dois gorjeadores baianos estão cotados para ministros do Mordomo de Filme de Terror

quinta-feira, 14 de abril de 2016






A certeza com o resultado do processo de impeachment da Presidente Dilma Rousseff é tanta que o vice-presidente Michel Temer já começou a traçar com os aliados mais próximos  o perfil do seu ministério e já há nomes baianos na bolsa de apostas.

A base do novo ministério, que será reduzido para cerca de 20 pastas, será a ampla aliança entre PMDB, DEM, PSB e PSDB e, nesse sentido, não se espera um ministério somente de nomes notáveis.

Segundo o jornal O Globo, no âmbito do DEM já existem dois nomes na disputa, o do  senador Ronaldo Caiado (GO), para a Agricultura, e o deputado baiano José Carlos Aleluia (BA), para Minas e Energia.



O portal Bahia Econômica apurou junto a deputados do PMDB em Brasília que também é forte a possibilidade do PMDB da Bahia ter um cargo
no ministério de Temer e, nesse caso, o nome de Geddel Vieira Lima surge de imediato na bolsa de apostas. 
 
Mordomo de filme de terror


Segundo O Globo há especulação sobre outros nomes, a exemplo do senador José Serra (PSDB-SP), para a Saúde, e Armínio Fraga para o Ministério da Fazenda. 

Se houver a recusa de Armínio, as possibilidades de assumir o Ministério da Fazenda vão para Marcos Lisboa, e Murilo Portugal ambos ex-secretários do Ministério da Fazenda. O nome de Paulo Rabello de Castro também já foi citado em Brasília como uma possibilidade.



Bahia Econômica

0 comentários:

Postar um comentário