Pesquisar este blog




QUEM É MICHEL TEMER?

quarta-feira, 13 de abril de 2016



Apontado como "conciliador", um eufemismo para fisiológico, Michel Temer é um político que cresceu nas sombras, esgueirando-se de cargo em cargo como a grande maioria dos parlamentares que rastejam no chamado "baixo clero". Foi duas vezes presidente da Câmara nos anos FHC.

No início do primeiro mandato de Lula chegou a perder parte de seu poder e influência, mas logo após o escândalo do mensalão foi alçado novamente pelo próprio PT e assumiu a presidência da Câmara pela terceira vez através de um acordo com o partido.

Assim como os colegas de partido Eduardo Cunha e Renan Calheiros, o "discreto" Michel Temer também coleciona inúmeras denúncias de corrupção. Em 2009 foi envolvido na Operação Castelo de Areia da Polícia Federal que investigava corrupção na empreiteira Camargo Correa.

No ano seguinte, Temer ficou enrolado na Operação Caixa de Pandora que investigou o chamado "mensalão do DEM" operado pelo então governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda.
E como não poderia deixar de ser, Temer também aparece na Operação Lava Jato, delatado pelo senador Delcídio do Amaral que o acusa de ter indicado dois nomes à diretoria da Petrobrás para fazer parte do esquema do “petrolão”.

Resumindo: O vice-presidente Michel Temer é mais um representante profissional da burguesia, defende um projeto de governo ultraliberal (que é basicamente fazer pior o que o governo já vem fazendo) e carrega uma invejável ficha corrida. Neste momento, esforça-se para se mostrar confiável à burguesia e ao sistema financeiro para trazer de volta uma estabilidade política cada vez mais comprometida.

Resta saber se um nome desacreditado de um partido afundado em escândalos que é o PMDB, e ainda alinhado a Eduardo Cunha, teria legitimidade perante as massas de assumir o lugar de Dilma e impor o ajuste fiscal que o PT não vem conseguindo. Parece mais certa a advertência do senador petista Humberto Costa, ao afirmar a Temer que, no caso de impeachment de Dilma, "vossa excelência será o próximo a cair".

0 comentários:

Postar um comentário