ANULADO O IMPEACHMENT

segunda-feira, 9 de maio de 2016




A presidente Dilma Rousseff participava de um evento nesta segunda-feira, 9, quando soube da decisão do presidente interino da Câmara Waldir Maranhão (PP) de anular o processo de impeachment. Em meio aos gritos de euforia do público, a petista pediu "cautela" e "calma".

"Soube agora, da mesma forma que vocês souberam. Apareceu nos celulares que um recurso foi aceito e o processo está suspenso. Estou falando aqui porque não podia fingir que não sei de nada", afirmou a presidente, complementando que não sabia as consequências da decisão.

"Tenham cautela, vivemos uma conjuntura de manhas e artimanhas", disse Dilma, levantando suspeita sobre a decisão de Maranhão. Para justificar a anulação, o presidente interino alegou que houve "vícios na votação".
O processo de impeachment está no Senado, onde teve parecer favorável ao afastamento da presidente aprovado pela comissão da Casa. O parecer seria lido nesta segunda pelo presidente do Senador, Renan Calheiros (PMDB) no plenário.

0 comentários:

Postar um comentário