Moradores de rua protestam contra o interino

segunda-feira, 23 de maio de 2016



Os moradores de rua de Belo Horizonte se organizaram em um ato que terminou com um grande café na porta da prefeitura. O movimento, puxado pelo Fórum de Trabalhadores e Fórum de População em Situação de Rua começou na porta da Secretaria Adjunta de Assistência Social. O povo, que não se sente representado pelo governo interino, também se posiciona na luta pela democracia.

As pautas principais foram: o sucateamento de serviços de atendimento (abordagem) como restaurante popular - que não funciona nos fins de semana -, albergues, abrigos e repúblicas que não atendem a demanda do município e a mudança da localização do centro de referência, decisão tomada sem a participação da população de rua, maior afetada.

Além disso, os manifestantes pedem a discussão do programa de moradia fixa, do passe livre e a instalação de banheiros públicos, que já foi aprovada, mas o governo interino, inimigo do povo e das conquistas sociais, não quer cumprir.
.

0 comentários:

Postar um comentário