Senadora Gleisi Hoffmann rebate e denuncia os caras de pau

sexta-feira, 20 de maio de 2016



A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) rebateu nesta sexta-feira 20, em discurso no plenário do Senado, a tese de que o PMDB recebeu uma "herança maldita" ao assumir o governo da presidente afastada Dilma Rousseff. "Falar em herança maldita é falta de vergonha na cara", bradou a senadora, que lembrou que foi o próprio PMDB quem contribuiu para a atual situação.

"Fizeram tudo para inviabilizar o governo da presidenta Dilma. Pautas-bombas, atraso na votação de medidas enviadas ao Congresso, articulação na mídia. Agora, que querem aumentar o déficit orçamentário, uma das causas alegadas para o impeachment, dizem que têm uma herança maldita. Tenham vergonha na cara, isso é falta de caráter. Herança maldita são vocês, golpistas!", afirmou Gleisi.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), convocou uma sessão conjunta da Câmara e do Senado para a próxima terça-feira 24 a fim de votar projeto que propõe a alteração da meta fiscal. O presidente interino, Michel Temer, pretende fazer um pronunciamento a fim de "contar" à população sobre a real situação que teria recebido o governo das mãos de Dilma.

Com o discurso da "herança maldita", na avaliação de Gleisi, Michel Temer "tenta justificar que ele não vai dar conta do recado ou que não vai conseguir implementar aquilo que ele prometeu e que os golpistas que o apoiaram prometeram quando fizeram o impeachment da presidenta".

0 comentários:

Postar um comentário