Um dos mais influentes jornais da Europa anuncia que diante do caos Dilma pode voltar à presidência

quarta-feira, 8 de junho de 2016


Com uma matéria intitulada "A implosão do sistema brasileiro" , o jornal francês Le Monde diz que "a terra treme no Brasil" e aponta que a falta de credibilidade do presidente interino Michel Temer e a crise política pela qual o país atravessa poderão fazer com a que presidente afastada Dilma Rousseff, que vinha sendo considerada "politicamente morta", retome o seu mandato.

Segundo a matéria, a expectativa era de que com o afastamento de Dilma, no dia 12 de maio, Michel Temer implantasse medidas rápidas para tirar o país da crise econômica e política, o que não aconteceu. Para a correspondente Claire Gatinois, o governo interino "ainda enfrenta uma sociedade revoltada.

A governabilidade continua frágil. E, sobretudo, a falta de credibilidade continua a envolver uma elite política implicada na operação Lava Jato".

O jornal destaca ainda que Temer, "antigo" parceiro de Dilma, prometeu criar um governo de "união nacional" e o que se viu de fato foi a queda de dois ministros do seu governo em menos de um mês.

O veículo lembra que outros membros do ministério do governo Temer são investigados pela Operação Lava Jato. Um deles - Henrique Alves, do Turismo - foi mantido no cargo essa semana apesar da divulgação de gravações envolvendo seu nome.

A jornalista observa que a população acabou descobrindo que a corrupção não afeta somente o PT e que "todo o sistema político está gangrenado". "Mais de um terço dos parlamentares estão sendo investigados. Até mesmo a probidade do Supremo Tribunal Federal é questionada", diz o texto.

0 comentários:

Postar um comentário