Pesquisar este blog




Cunha "retou' e diz que será o único a derrubar dois presidentes da república

sábado, 23 de julho de 2016




Cunha: ficarei conhecido por derrubar dois presidentes do Brasil

A ameaça é relatada na coluna Radar deste fim de semana, ou seja, depois de afastar a presidente Dilma Rousseff com seu impeachment sem crime de responsabilidade (o golpe parlamentar de 17 de abril), Eduardo Cunha estaria se preparando para detonar também o interino Michel Temer; reportagem da revista Carta Capital deste fim de semana também informa que ele teria grampeado Michel Temer sobre "velhas parcerias" no setor portuário, enquanto uma coluna da Folha sugere que ele faça delação premiada; perto de ter seu mandato cassado, Cunha inspira rumores sobre ameaças contra o aliado Michel Temer



247 – Uma nota publicada na coluna Radar deste fim de semana, assinada pelo jornalista Maurício Lima, informa que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estaria se preparando para detonar o aliado Michel Temer, que exerce a presidência da República provisoriamente.

 Eis o que diz o texto:

Ameaça retumbante

Um interlocutor de Eduardo Cunha saiu apavorado de uma conversa recente com o político. Bem ao seu estilo, em que recobre a megalomania com tonitruâncias, o ex-presidente da Câmara soltou uma ameaça retumbante: "Ficarei conhecido por derrubar dois presidentes do Brasil".

Neste fim de semana, a revista Carta Capital publica reportagem sobre suposto grampo que Cunha teria feito no interino Michel Temer, sobre parcerias dos dois no setor portuário. Ambos teriam atuado para mudar a Lei dos Portos e favorecer o grupo Libra, que, em seguida, teria feito uma doação de R$ 1 milhão a Temer (leia aqui).

Neste sábado, a colunista Natuza Nery sugere que Cunha faça uma delação premiada para se redimir de seus pecados – mas a delação deve ser para cima, adverte (leia aqui).

Brasil247



0 comentários:

Postar um comentário