Pesquise no A Voz

Carregando...



A prisão de Lula, a ser comemorada pelos hedonistas e fascistas, refletirá no emprego dos jornalistas

terça-feira, 25 de outubro de 2016



Em uma análise sobre os ataques da imprensa brasileira ao ex-presidente Lula, o jornalista Xico Sá conclui que a prisão do petista deixará muitos colunistas sem emprego, tamanha a obsessão nesse assunto.

"Fico pensando quando a obsessão fascista prender todos os petistas... de que viver? Prendam o Lula já e teremos vários colunistas da mídia direitista obsessiva desempregados. Taí um bom motivo", provoca o colunista do portal El País, em seu Twitter.

Para ele, "a direita talvez morra de tédio depois do triunfo fascista de eliminar o petismo". "A mídia todinha carece demonizar lula e PT para manter ilusão desnecessária sobre o governo Temer... que erro, que crendice, mas tem quem acredite", critica.

Xico Sá faz uma crítica direta à Rádio Jovem Pan, definida por ele como "o mimetismo total do lulismo". "Desafio a rádio joven pan: passar um dia sem falar do pt e do lula. Falência?", questiona. Depois, ele dá outra sugestão para o fim do veículo: "Talvez morra".

O jornalista diz também, sobre o impeachment, que "Dilma só caiu por machismo escroto. machismo escroto ajudado pela mídia brasileira". "Só o machismo escroto, incluindo a falta de defesa da esquerda machista, derrubou a Dilma", acrescentou. Em seguida, postou várias mensagens denunciando o machismo contra Dilma e o classificando como o motivo para sua queda.

"Ñ havia mínima moral nem pra impeachment, p q agora vcs se arvoram a qualquer argumento? Dilma foi derrubada por zumbis corruptos!", argumentou.

Ele também resgatou a declaração dada pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), vazada à imprensa. "Cunha é Temer, diz Jucá. P q nunca a mídia foi atras disso? Jucá é Temer. Q triste e tendenciosa a imprensa brasileira, q triste".

0 comentários:

Postar um comentário