Pesquisar este blog




O BRASIL SE DESTACA

terça-feira, 9 de janeiro de 2018


O circo brasil vem sendo armado há muito tempo. O que acontece hoje é o sequenciamento da miopia e hipocrisia do Brasil Colônia, habilmente manipulado no Brasil República. Num jogo de poderosos, houve, historicamente, o acordo tácito entre São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais para que os resultados das urnas favorecessem essas regiões e, para tanto, bastaria manter o Nordeste numa condição de docilidade.

Acertou-se que, no Nordeste, as lideranças regionais seriam senhoriais – praticamente hereditárias -  com obrigação de manterem apoio irrestrito dos eleitores e, para tanto, estariam livres do uso sistemático da mentira, por meio e renovadas promessas de dias melhores ao povo nordestino. Assim, o Nordeste foi transformado em curral eleitoral, em um “zumbi cívico”, cuja finalidade é permanecer miserável, mergulhado na crença que um dia tudo vai melhorar.

Assim como a Oligarquia internacional transformou o Brasil num “zumbi econômico”, o Sudeste transformou o Nordeste em seu “zumbi cívico” particular. O que se vê é uma “República de Bananas” que, por sua vez, leva a uma “República de Ladrões”, uma republiqueta, imagem de um país miúdo. O crime espalha-se por todas as camadas da sociedade, comprovando o culto à rapinagem.

 A rapinagem emporcalha tudo, artes, ciências e profissões liberais. É o nivelamento por baixo, decadência geral. Surgem bandidos nas classes altas, empresários sonegadores, banqueiros ladrões, executivos corruptos e administradores propineiros. Por todos os lados aparecem lobistas e criminosos na política, engrossando o time do “rouba,  mas faz”.

A deterioração é geral.

Multiplicam-se criminosos que perambulam pelas ruas e pela Internet os estelionatários de classe média, traficantes engomadinhos, bandidos de classe C, punguistas miseráveis, além dos contraventores e criminosos do “colarinho branco”.

É visível por todos os lados que os brasileiros estão ficando desempregados, inadimplentes, vítimas da bandidagem que assola as ruas, que arrasa os filhos e as famílias, enquanto as autoridades brigam entre si na disputa de espaço para saquearem o Brasil.


0 comentários:

Postar um comentário