Pesquisar este blog




BALAS USADAS PARA MATAR MARIELLE  E ANDERSON SÃO DE LOTES PERTENCENTES À POLICIA FEDERAL DE BRASILIA

sexta-feira, 16 de março de 2018




A munição utilizada pelos criminosos que mataram a vereadora Marielle Franco (PSOL) com tiros de uma pistola calibre 9mm na quarta-feira (14) é de lotes vendidos para a Polícia Federal de Brasília em 2006. De acordo com a perícia da Divisão de Homicídios, o lote de munição UZZ-18 é original, ou seja, ela não foi recarregada. A informação foi confirmada após a perícia feita pela Polícia Civil nesta quinta-feira (15). Agora, as polícias Civil e a própria  Federal vão iniciar um trabalho conjunto de rastreamento.

Segundo a investigação, os lotes de munições foram vendidos à PF de Brasília pela empresa CBC no dia 29 de dezembro de 2006, com as notas fiscais número 220-821 e 220-822.

A polícia também investiga a participação de um segundo carro no assassinato da vereadora e do motorista Anderson Gomes. Segundo os investigadores, quando a vereadora voltava de um evento na Lapa, esse veículo passou a seguir o carro de Marielle junto com um Cobalt com placa de Nova Iguaçu. As imagens não foram divulgadas pela polícia.

0 comentários:

Postar um comentário