Pesquisar este blog




PETROLEIROS ANUNCIAM GREVE PARA A PRÓXIMA QUARTA-FEIRA

domingo, 27 de maio de 2018



A Federação Única dos Petroleiros-FUP representante de empregados da Petrobrás,  irá fazer manifestações a partir deste domingo (27) e já na próxima quarta-feira (30) a categoria iniciará uma greve de 72 horas, de acordo com o jornal Estado de São Paulo.



A definição saiu de um encontro realizado por teleconferência na tarde de ontem,  sábado (26). A lista de reivindicações inclui cinco pontos, um deles é a demissão do presidente da companhia, Pedro Parente.



Os sindicalistas pedem também a redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha; a manutenção de empregos e retomada da produção interna de combustíveis; o fim da importação de derivados de petróleo; e a desmobilização do programa de venda de ativos promovido pela atual gestão da estatal. O comunicado que será enviado ainda neste sábado à empresa contesta também a presença de unidades das Forças Armadas em instalações da Petrobrás.



A greve se estenderá até as 23h59 do dia 1º de junho. Já neste domingo (27), a troca de turnos está sendo atrasada nas refinarias nas quais foram colocadas à venda participações, o que deve deixar a operação mais lenta. Foram incluídas no programa de desinvestimento  na Bahia, em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e no Paraná.



“A atual política de reajuste dos derivados de petróleo, que fez os preços dos combustíveis dispararem, é reflexo direto do maior desmonte da história da Petrobrás.

Os culpados pelo caos são Pedro Parente e Michel Temer, que, intensifica a crise ao convocar as força armadas para ocupar as refinarias.

A Federação Única dos Petroleiros-FUP repudia enfaticamente mais esse grave ataque ao Estado Democrático de Direito e exige a retirada imediata das tropas militares que estão nas instalações da Petrobrás”, diz trecho da nota da FUP.

0 comentários:

Postar um comentário